Veja quais são os desafios contábeis de uma empresa de transporte

Os desafios contábeis estão presentes em qualquer empresa. Contudo, o setor de transporte sofre mais ainda com as dificuldades e problemas operacionais.

Eles aumentam de acordo com o porte da empresa, tendo em vista que crescem os números de procedimentos e, consequentemente, há maior responsabilidade para administrá-los.

São várias burocracias, custos envolvidos e pequenos detalhes que devem ser controlados para o funcionamento ideal do negócio. Por isso, ter uma gestão financeira eficiente é essencial.

Conheça a seguir os principais entraves enfrentados pelas empresas de transporte e como solucioná-los. Confira!

Muita burocracia

A contabilidade exige a emissão de vários documentos, certificações digitais e processos nos órgãos públicos para o bom andamento da empresa e adequações à legalidade.

Para prestar um atendimento de qualidade, uma empresa de transporte deve contar com uma equipe de profissionais capacitados e que saibam realizar as atividades definidas, pois é preciso atualizar constantemente as documentações, adquirir licenças e ter apoios legais.

Rotina administrativa pesada

Encarar a rotina administrativa é considerado um desafio pelo fato da empresa ter que realizar diversos cálculos, como: fluxo de caixa, entradas e saídas, lucros e despesas, faturamento, tributos, entre outros.

Além disso, ainda é preciso cuidar das entradas e saídas de pedidos, sinistros, orçamentos, manutenção e prazos de entrega.

São várias atividades e tudo isso deve ser realizado de forma ágil, considerando que os veículos devem circular a todo momento.

Assuntos trabalhistas

As questões trabalhistas são complexas em qualquer organização, porém são muito recorrentes nesse setor. Aqui, temos como exemplos o salário, a contratação, a demissão e os encargos com funcionários

Isso se deve ao fato do pagamento de adicional noturno e horas extras serem bastante comuns nessas instituições, pois funcionam geralmente 24 horas por dia para atender toda a demanda.

Além disso, é importante manter os colaboradores motivados e capacitados. São recomendados gastos com qualificação e atendimento às legislações vigentes.

Logística

Os custos gerados com a logística influenciam diretamente no gerenciamento contábil. Temos, por exemplo, o consumo no itinerário de um ponto a outro e os custos com pedágios, que são altos devido ao grande caminho percorrido.

Com a insegurança em todos os lugares, é indispensável a contratação do seguro de cargas, passageiros, seguro viagem, entre outras proteções necessárias. A falta deles pode originar processos caríssimos para as organizações.

Conservação de frotas

Administrar as frotas também não é nada fácil. Afinal, existe uma preocupação com os veículos, que devem estar com a documentação e a manutenção mecânica e elétrica sempre em dia.

As depreciações também devem ser avaliadas, pois o recomendado é que as empresas de transportes troquem seus veículos a cada 5 anos, o que permite uma melhor projeção das finanças.

Os desafios contábeis nas empresas de transportes são grandes, contudo, para que tudo se torne mais simples é prático, você deve contar com a ajuda de profissionais especializados. São eles que vão auxiliar e orientar sobre a melhor distribuição dos recursos, a redução dos gastos, o planejamento contábil, o desempenho das atividades com mais qualidade e as demais funções inerentes ao ramo.

Quais são suas estratégias para superar esses desafios? Deixe aqui seu comentário e compartilhe com a gente sua opinião e experiência sobre o assunto!

Foque no seu negocio

Receba nossas dicas de planejamento tributário e advocacia preventiva para aumentar a competitividade da sua empresa

Obrigado!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"